Palavras não as leva o vento...



O silêncio

é o ninho

do vocábulo



A sílaba

cotovia

enamorada

pelas nuvens


Palavras

não as leva

o vento


Elas são bússola

para o pensamento


V. Solteiro, 11.07.07

2 comentários:

maat disse...

permites que um dia qualquer, que não sei qual é, coloque no meu blog um poema teu,por escrito e em audio?

gostava muito, mas preciso do teu aval.


dia de Sol,


***maat

lupussignatus disse...

Achas que eles merecem?! :)

Estás completamente á vontade, Maat.

De que vale a vida sem partilha?

Autorização concedida :)

Semana luminosa,

Vítor