Cardo de espuma



Do grão
a areia
se fez duna

Do vocábulo
a poesia
se fez bruma

Do monte
o cardo
se fez espuma

Una e
Indivisível

assim é a mãe Terra


V. Solteiro, 06.07.07

2 comentários:

hfm disse...

Belo e tão real.

lupussignatus disse...

Obrigado, Helena!

Bom fim se semana.

Vítor