O pior do mundo são os indiferentes!



"E o pior do mundo são os indiferentes. Melhor dito, os que nos provocam indiferença. 'Nem sim nem sopas', tanto faz, estar lá ou não é indiferente. Conheço centenas de pessoas assim. Gente que desistiu de lutar pelo que quer que seja e se limita a 'fazer a vidinha' na expectativa de passar despercebido e morrer em paz, gente que quer agradar a toda a gente, gente que produz para não incomodar, gente que se acomoda ao que alguém já produziu. São os 'yes man', os 'sim, senhor ministro', os 'cargos intermédios', até á eternidade."

Pedro Rolo Duarte, jornalista, in revista DNA

2 comentários:

maat disse...

Concordo com este jornalista, mas o mundo dos poderes tecem as artimanhas suficientes para que as pessoas caiam ,facilmente, nesta teia.
E não este país um país-inho cheio de quintalinhos???

horror, horror, horror!

Que renasçam os Almadas e a gente do Orfeu!!!
(...)


***maat

lupussignatus disse...

Tens cem por cento de razão, Maat.

Esta teia de propaganda misturada com doses alarves de poder e mediocridade está a deixar-nos civicamente murchos.

Apáticos. Sorumbáticos. Secos. Anestesiados.

Morte à indiferença! Plim!