Trémula geografia...



Labiríntica
textura
estampada
sobre a
geografia
da pele
o firme
tronco
do plátano
é a casa
onde o tempo
esboça
o seu perfil

Livro
desfolhado
pelos dedos
do vento
a sua epiderme
serve de abrigo
aos trémulos
raios de sol
que se desprendem
da folhagem

Poema e fotografias de V. Solteiro,
Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos,
S. Pedro de Arcos, Ponte de Lima, 15.12.07


www.lagoas.cm-pontedelima.pt





10 comentários:

maat disse...

quem lê neste livro, o da Natureza, tem certamente outros debaixo do braço...ou no coração:)

Belo!


***maat

Marinha de Allegue disse...

A pel sempre protectora, albergando segredos e vivencias conxugando o paso do tempo...

Unha aperta grande en domingo.
:)

Hanah disse...

lindo, muito lindo...

beijinho

Dalaila disse...

e no esboço e firmeza dessa geografia planto-me e delineio-me no mapa.

Beijo escrito

Ana disse...

Tenho em casa uma goiabeira, que se desenha lagos.

Sinos Bem Bom!

Bjs
Ana

lupussignatus disse...

Olá Maat!

O livro da natureza é um manancial de conhecimento e equilíbrio interior.

Fico feliz por teres gostado.

Boa semana.

lupussignatus disse...

Olá Marinha!

A pele da natureza é insubstituível. Veste-nos de sabedoria.

Abraço. Boa semana.

lupussignatus disse...

Olá Hanah!

Obrigado. Uma boa semana.

Beijinho.

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Gosto de me perder e reencontrar no silêncio e na agreste beleza que a natureza esconde.

Felizmente, ainda existem alguns sítios encantadores...

Beijo descrito.

lupussignatus disse...

Olá Ana!

A natureza é uma amiga frutuosa...

Pena que não saibamos retribuir-lhe!

Beijo.