Ao redor...


"(...) O mundo é belo, de muitas maneiras incomensuráveis. Na nossa pressa, contudo, escapa-nos frequentemente aquilo que de belo existe em redor, da mesma maneira que, de vez em quando, nos esquecemos do significado que queremos dar ás nossas vidas. Para sobrevivermos no mundo moderno, muitos de nós despregamo-nos relutantemente do estímulo constante. Muitos de nós preferem um desprendimento indiferente face ao estímulo constante. Chegamos ao ponto de olhar com indiferença a beleza, como se ela fosse mais uma coisa da qual já estamos fartos (...)."



Barry Lopez, in "National Geographic", edição portuguesa, Dezembro 2007, num ensaio intitulado "Terras do Gelo"

"Polar Night", fotografia de Grigory Ivaschenko, in http://www.photoforum.ru/

4 comentários:

Hanah disse...

mágico...!!!!

Obrigado pela partilha...

Um beijo grande

Dalaila disse...

Muitos esquecem-se quem são... esquecem tudo e passam a banalizar tudo.

beijo

lupussignatus disse...

Boa noite Hanah!

Quem fala assim da natureza - e da sua natureza - é porque se conhece muito bem a si e ao que o rodeia...

Beijo de orvalho.

lupussignatus disse...

Boa noite Dalaila!

Nesta ânsia de ser e de querer sempre mais e mais, esquecemo-nos do que somos e para onde vamos...

Tudo porque desvalorizamos e mesmo renegamos as raízes que nos ataram á terra...

Desprendidos das origens, passamos a prendermo-nos a...vertigens!

Beijo de pólen.