Além de si próprio...


"A diferença entre o alto e o baixo, o céu e a terra, a superfície e o fundo, o igual e o diverso, é imperceptível para quem não sabe o que está além de si próprio. O mundo, que muda a cada instante, não é mais do que um lago se o coração não se apercebe de certas variações."

Eduardo Mendonza, escritor espanhol

http://es.wikipedia.org/wiki/Eduardo_Mendoza

"The light of a Faraway star", fotografia de Alexey Ponomarev, in http://www.photoforum.ru/

6 comentários:

Hanah disse...

muito, muito sábio.....

icendul disse...

o sujeito: filtro e atribuidor de sentido(s)...

lupussignatus disse...

Olá Hanah!

Deixa-nos a pensar se o nosso coração é um lago ou um rio...

lupussignatus disse...

Olá Icendul!

O sujeito: entre a labareda e a cinza...

Dalaila disse...

lindo!

esse coração que se bombeia aos outros, e só assim se vive

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Só um coração assim como o descreves, irrequieto, vibrante, sanguíneo, é capaz de atravessar o lago e ser já sal e onda...