Neo-esclavagismo



"As pessoas costumam criticar a época do esclavagismo, mas hoje vivemos num mundo de escravatura sofisticada. A escravatura realmente não terminou. Há processos de opressão permanente do ser humano."

José de Guimarães, artista plástico

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_de_guimar%C3%A3es

"Leaving the zone", fotografia de Samuel Sevada in www.photoforum.ru


5 comentários:

Ana disse...

Denunciar a escravatura é o primeiro passo para a liberdade.

Ramon Alcântara disse...

Escravos que se acham livre! Que se libertam e continuam presos!

abz

gabriela rocha martins disse...

lamentavel
MENTE.........



até quando?




.
um beijo

maré disse...

Humanismo...


flor utópica??!!!

escravos que somos de pretenso "desenvolvimento"...

Dalaila disse...

escravatura, às vezes de tantas formas, ainda muitas vezes sem se dar conta debaixo dos nossos olhos