Mãe-flor



"As palavras de minha mãe são flores
que nascem e desnascem todas
as primaveras

estas de março são pássaros que pousaram
em ramos de pessegueiro

e eu corro como um rio
para levá-las até à foz
com um relâmpago no peito"


"As palavras de minha mãe", poema de Maat, publicado aqui:
http://vivaosol.blogspot.com/

"Peach Flower", fotografia de Alexey, in http://www.photoforum.ru/

10 comentários:

Ana disse...

Excelente escolha . O prazer de ler.

Meg disse...

Em dia de aniversário, tenho HOJE uma surpresa para os amigos.
Espero por ti.
Um abraço

Mïr disse...

Belo!!

Menina_marota disse...

Lindíssimo!
Grata por o partilhar.
Um abraço ;)

Hanah disse...

um beijo...

boa semana

lupussignatus disse...

Olá Ana!

Poesia que vem do subsolo da alma...

lupussignatus disse...

Olá Meg!

Lá estive, com todo o gosto...

Abraço fraterno.

lupussignatus disse...

Olá Mir!

Beleza que não se explica - sente-se...

lupussignatus disse...

Olá Menina Marota!

Bem-vinda...

Poesia que vem das entranhas da terra, das estradas do Ser...

Obrigado.

Abraço.

lupussignatus disse...

Olá Hanah!

Beijo cheio de poesia.

Excelente semana.