Vivo no fundo do mar...


"escuto o lamento das águas e sei que
tudo continua vivo no fundo do mar...
e no coração persistente das plantas"


Excerto de poema de Al Berto, in "Degredo no Sul"


"Stepping stones to the boiler!", fotografia de Cameron Fielding

11 comentários:

Meg disse...

Lupussignatus,

Recordar Al Berto é sempre uma bela homenagem a um poeta que já nos deixou.
A fotografia é lindíssima.

Um abraço

Paula disse...

mas
o
lamento
das
águas
continua...
;)

Paulo - Intemporal disse...

No Dia Mundial da Poesia, deposito aqui um ramo de sílabas que mais tarde virei colher na vogalização de tantas as palavras de en.cantar.

e saio _______________________________ rendido.

Um abraço[.]

~pi disse...

belo

como

tanto que(

(e como as pedras caminham,


,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,


!!



beijo




~

maré disse...

eu não duvido
.
.
.


sou uma mulher sentada
à sua soleira

como o disse Al Berto

gabriela rocha martins disse...

eis.me, ao fim de praticamente um mês de silêncio, regressada às lides bloguistas .faço.o com a saudade de uma boa leitura .é isso que encontro por aqui e ao qual me habituaste .senti falta ,mas também tinha falta de navegar por outros mares ."noblesse oblige" ... a partir de agora ,porém ,ter.me.às ,de novo e diariamente ,por aqui
com


.
um beijo

GMV disse...

Gosto dos teus gostos.

Beijo

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo

Babi M.S. disse...

vagas...vagas...vagas...

Senssis disse...

Linda foto!
E a mensagem profunda..

Lá no fundo, há sempre vida...

Gostei de ler os textos do Blog. Parabens!

Hugo de Oliveira disse...

Adorei :)