Creio...



"Creio nos anjos que andam pelo mundo
Creio na deusa com olhos de diamante
Creio em amores lunares com piano ao fundo
Creio nas lendas nas fadas nos atlantes


Creio num engenho que falta mais fecundo
de harmonizar as partes mais dissonantes
Creio que tudo é eterno num segundo
Creio num céu futuro que houve dantes


Creio nos deuses de um astral mais puro
na flor humilde que se encosta ao muro
Creio na carne que enfeitiça o além


Creio no incrível nas coisas assombrosas
na ocupação do mundo pelas rosas
Creio que o amor tem asas de oiro amen"



"Credo", poema de Natália Correia
"Angels beside us", fotografia de Igor Kovalyov, in http://www.photoforum.ru/


12 comentários:

meg disse...

Aos amigos comunico que, inesperadamente,
fui obrigada a mudar de residência.
Espero-vos a partir de agora em
Peço desculpa pela forma como o faço
mas se trata de uma emergência que
espero seja a última.
Aproveito para mandar um abraço do
vosso Amigo Romério para todos


E a Meg espera-vos aqui a partir de agora

http://recalcitrantemor.blogspot.com/

maat disse...

A esplendorosa Natália que nos disse adeus com este credo, úktimo poema do seu último livro .

Obrigada por esta escolha tão delicada.

***maat

Dalaila disse...

Creio nestas palavras

Thiago disse...

Creio na tua sensibilidade, aquela que revelaste na escolha deste texto e desta imagem.

Obrigado pela passagem pelo meu eu.

Um abraço forte com a energia dos seres elementares da floresta lunar

Ana Pallito disse...

Inabalável crença.

Amem(mos).

lupussignatus disse...

Olá Meg!

Que coisa estranha :(

lupussignatus disse...

Olá Maat!

Creio que é um dos mais belos poemas de sempre em língua portuguesa...

Tem uma magnitude...

Quem agradece a tua presença por cá sou eu...

lupussignatus disse...

Olá Thiago!

A sensibilidade de que falas está toda no génio de Natália Correia...

Ela merecia outro reconhecimento...

Abraço.

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Eu também. Com todo o ser...

lupussignatus disse...

Olá Ana!

Isso mesmo - inabalável.

Superior a todos os obstáculos e contrariedades.

Crença fundadora.

Hanah disse...

"Creio no incrível nas coisas assombrosas na ocupação do mundo pelas rosas Creio que o amor tem asas de oiro amen"

lupussignatus disse...

Olá Hanah!

Também eu creio que este poema "tem asas de oiro"...

Faz-nos planar...

Beijinho. Bom fim de semana.