Os donos do mundo



"Os donos do mundo estão a convertê-lo num matadouro e num manicómio. (...) Dizem que a condição humana é assim. Não me convencem. (...) Perdemos a memória da solidariedade."

Eduardo Galeano, escritor, em entrevista à revista Teína, de Valência

Sem comentários: