As raízes da poesia


(...) tu e eu, meu amor, estamos juntos
juntos da roupa às raízes,
juntos pelo outono, pela água, pelas ancas,
até sermos apenas tu e eu juntos (...)."

Pablo Neruda, in Cem Sonetos de Amor, Soneto II, in Campo das Letras, tradução de Albano Martins

Sem comentários: