A língua do mar...

mudo
ante a alterosa
língua do mar
o pescador
de crepúsculos
lança as redes
do olhar
a um cardume
de nuvens


à proa
do azul
tange
a harpa
do silêncio


Texto e fotografia
de V. Solteiro