Amanha(o)ser...

"A princípio não se sente
O amor - a humidade amanhecendo
O coração ressequido"

Excerto de poema de Daniel Faria, in "Poesia"

Fotografia de V. Solteiro


6 comentários:

Leonardo B. disse...

[dos elementos, nada se ergue sem testemunha da palavra; nada na criação sugere que "se tenha acontecido", com a ausência da letra entrelaçada com os próprios elementos...talvez que só pela poesia se possa testemunhar a ressurreição do mundo]

um imenso abraço,

Leonardo B.

Sonia Schmorantz disse...

A princípio talvez não se sinta, mas impossível permanecer insensível à beleza de um novo dia!
abraço

maré disse...

gota a gota

penetrando

a terra

salvaguardando a raíz



gota a gota

arredondando a pedra



beijo V

Delirius disse...

... A princípio não se entende a largueza
Do lugar. O amor estreita o laço e unir
É sufocar o sequioso peito que amamenta...

Hanah disse...

Belissima Arquitetura de sons palavras e imagens...

~pi disse...

daniel

,o que

perma

nece,



~