Gerenisíaco...


vago
o homem
que não gera
montanhas
no pensamento


vácuo
o homem
que calcina
a raiz
da fertilidade


volátil
o homem
que quebra
a haste
da aurora


e veste
de carvão
o esguio
tronco
gerenisíaco





Poema e fotografia
de V. Solteiro

12 comentários:

Paula disse...

vazio
caminha
na
vida
se
é
que
a
vida
permite
caminhada
no vazio...

Marinha de Allegue disse...

Botaba de menos este espazo teu...

Beijosssss.
:)

mariah disse...

sentado na pedra, adormecido no mármore do tempo, onde o espaço se aquieta,para que não haja corpo nem matéria densa, fulge a Poesia nas palavras do Poeta...


sim, porque o poeta é aquele que manda tocar uma bela música para acompanhar o voo e o abrir das flores na natureza...


afecto,

mariah

gabriela rocha martins disse...

e se ainda esse vazio pudesse ser preenchido ... ah ... então ,talvez valesse a pena acreditar na espécie humana


.
um beijo
( em manhã de des acreditar )

Meg disse...

Vago...
Vácuo...
Volátil...

Homem

Um abraç

Tchi disse...

Ainda que confuso, vazio e instável quererá chegar mais além. O Homem.

Excelente foto.

Beijinho.

O mar me encanta completamente... disse...

Passeei por teus versos, encantada.
Aproveito para desejar um fim de semana memorável.
Beijinho.

Paulo - Intemporal disse...

__________________________________
sublime
__________________________________
e apenas ou tão somente bel.íssimo

e saio, rendido.

um bom fim de semana.

maré disse...

profundo

como a verdade

amanhecida

de génese

______

um olhar em tempo de memórias
doces

Ana disse...

Vazio o homem que não se alimenta de palavras como tu.

Henrique Dória disse...

Bom poema.Gostei de aui vir.

Vieira Calado disse...

Interessantes, estes pequenos poemas.

Um abraço.