O ódio...


"Todos os presidentes e primeiro-ministros que repetiram a mesma mentira, como pretexto para não impor o cessar-fogo, têm as mãos sujas de sangue. (...) O que aconteceu [ataque a escola da ONU por parte das forças armadas israelitas que provocou 40 mortos civis] não foi apenas vergonhoso. O que aconteceu foi uma desgraça. 'Atrocidade' é pouco para descrever o que aconteceu. (...) Temos de falar de 'crime de guerra', de matança, de assassinato em massa."


Robert Fisk, jornalista, in "The Independent", edição de 07-01-09, numa crónica intitulada "Porque nos odeiam tanto? - questionaremos"

Fotografia da Associated Press


1 comentário:

gabriela rocha martins disse...

a raça humana elevada ao seu expoente mais alto - o bestial ( de besta ,claro! )


.
um beijo