A música dos afectos...

"Procuro que a minha vida vá tendo a musicalidade duma constante pergunta e nunca o monolitismo paralisante duma conclusão. Estou absolutamente certo de que nem eu nem ninguém anda com a verdade no bolso, mas estou certo também de que dela irremediavelmente nos aproximamos pelas coisas que descobrimos e pelas resistências que vencemos."

António Alçada Baptista, escritor
"Deep", fotografia de Anna Morozova

4 comentários:

mariah disse...

Um Homem que deixa o rasto luminoso das estrelas humanistas...

Mïr disse...

Um Homem grande e um grande Homem...

Ana disse...

A aparente simplicidade de um ser profundo.

maria luisa disse...

Mais uma vez gostei de vir até aqui.
Feliz Natal.