Segredo...



"Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.


Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar..."



"Segredo", poema de Miguel Torga, in "Diário VIII"

10 comentários:

Baudolino disse...

Tenho algures no meu blog uma referência a Torga. Revisito-o menos do que gostava, palavras com cheiro a terra molhada pela chuva. E ter tempo para a deixar secar e cheirar de novo.
abraço
p.

Maria Clarinda disse...

Lindo o poema de Torga e de foto. Jinhos.

hfm disse...

Belíssimo!

maat disse...

de uma ternura imensa...e a foto também...

Bises,


***maat

L. disse...

acho que torga só escreve a verdade.

lupussignatus disse...

Olá Baudolino!

Seja bem-vindo...

É esse "cheiro a terra" que me cativa e me mantém cativo à palavra torguiana.

Abraço.

lupussignatus disse...

Olá Maria Clarinda!

Seja bem-vinda...

Torga é natureza em estado puro...

Beijinho.

lupussignatus disse...

Olá Hfm!

Canto-chão...

lupussignatus disse...

Olá Maat!

A sua poesia é gota de orvalho escorrendo pela torga...

Beijinho.

lupussignatus disse...

Olá L.

Torga escreve-nos

descreve-nos