Nesse caminho duro do futuro...



"Recomeça...
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os me liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.


E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar
E vendo,
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
onde, com lucidez, te reconheças."



"Sísifo", poema de Miguel Torga, Coimbra, 27.12.77

"Steps", fotografia de Nathan Kern MD, in http://www.photoforum.ru/

10 comentários:

maat disse...

,,,há muito que troquei os psis pelos Poetas!...


***maat

AQF disse...

Não conhecia este poema. É magnifico. É a poesia a derrubar o «mito», é o verso a transformar o rochedo em nuvem.

Dalaila disse...

sobe e recomeça sempre, porquie se encontra sempre degraus diferentes

Carla disse...

uma bela escolha e uma imagem fabulosa

Thiago disse...

Adorei o texto e a foto!! Parabéns pela sensibilidade. Um abraço :)

lupussignatus disse...

Olá Maat!

Percebe-se porquê...

Votos de uma excelente semana.

lupussignatus disse...

Olá Aqf!

"(...) O verso a transformar o rochedo em nuvem."

Que maravilhosa imagem poética!

O poema de Torga bem o merece...


Votos de uma excelente semana.

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Começar, titubear, cair, recomeçar - estes são alguns dos degraus nessa caminhada...

Votos de uma óptima semana.

lupussignatus disse...

Olá Carla!

Bem-vinda arquitectar...

Obrigado.

Boa semana.

lupussignatus disse...

Olá Thiago!

Bem-vindo a este cantinho...

Sensibilizado... :)

Abraço.

Boa semana.