Tudo se cala...


"Uma cadeira feita de madeira, e não
de palavras sobre uma cadeira.
Um Deus feito de Deus, e não de palavras.
Os poemas da respiração, o caminho
do caminhar.
Troco umas palavras (como Petrarca)
com os vermes dentro da madeira
que minuciosos
fazem o seu trabalho.
Deles aprendo um dialecto obscuro

(...)

Ponho-me de lado, espreito um movimento
novo que é a palavra do olhar.
Tudo se cala."



Israël Eliraz, in "Hölderlin"
"When you need no words", fotografia de Alex Vinnik, in http://www.photoforum.ru/

10 comentários:

maat disse...

no words...no words...


***maat

Hanah disse...

....

icendul disse...

obrigada pela partilha:D
vou já espreitar mais coisas sobre a fonte!

Dalaila disse...

quero sentir o silêncio do toque

beijo

Meg disse...

Palavras que dão que pensar... e muito.
E uma imagem belíssima.

Um abraço

lupussignatus disse...

Bom dia Maat!

(...)

lupussignatus disse...

Bom dia Hanah!

(...)

lupussignatus disse...

Bom dia Icendul!

Não tens de quê...

De que vale um blog sem isso?!

lupussignatus disse...

Bom dia Dalaila!

O silêncio do olhar...

Beijo.

lupussignatus disse...

Bom dia Meg!

Palavras que nos pensam...

A imagem diz muito, sim, honra seja feita ao seu autor...

Abraço.