Também o amor se aprende...



"O casamento, como a vida inteira, é algo terrivelmente difícil que é preciso tornar a começar do princípio cada dia, todos os dias da nossa vida. O esforço é permanente, e inclusive muitas vezes esgotante, mas vale a pena. Uma personagem de um qualquer dos meus romances di-lo de uma maneira mais crua:'Também o amor se aprende.'"



Gabriel García Marquéz, in "O Aroma da Goiaba", Editora Dom Quixote, 2005

"Love! Love...", fotografia de Dmitri Dikikh, in http://www.photoforum.ru/

4 comentários:

Ana Pallito disse...

Os melhores professores que já tive, tinham uma frase em comum, ”só não aprendemos o que não fazemos”. Portanto...

Bicoquinhas

Cometa 2000 disse...

Também o amor se aprende. Dia a dia.

Grande sabedoria!

lupussignatus disse...

Olá Ana!

...está tudo dito...

Beijinho.

lupussignatus disse...

Olá Cometa!

Bem vindo...

García Marquez sabe de cor as linhas com que se cose a sabedoria...:)