A caminho da claridade...

Fotografia de V. Solteiro,
Serra do Caramulo,
Janeiro de 2008



Ossatura
rendilhada
de urze
e esteva
erguida
aos sulcos
das tempestades
os braços
do dia
repousam
sobre o
evanescente
vestido
de nuvens
até estas
despirem
a claridade


V. Solteiro, 27.02.08



8 comentários:

Dalaila disse...

e perfuma o ar
e deita-se
e tricota
o algodão que faz o vestido
que nem a noite escurece

anad disse...

Que lindo blog. Vou voltar mais vezes.
Conheço bem a serra do Caramulo. E esta fotografia é óptima.
Anad

Ana Pallito disse...

Natureza louvando o céu de mar.

Belezura!!!!

icendul disse...

quando parar de contemplar as nuvens lá ao fundo, então, comento;)

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Paisagens que nos tricotam...(gosto dessa palavra! :)

lupussignatus disse...

Olá Anad!

Seja muito bem vinda...

E apareça sempre que quiser (as portas estão abertas :)

Obrigado.

lupussignatus disse...

Olá Ana!

Um céu onde se mergulha o olhar e se refresca o espírito...

Obrigado.

lupussignatus disse...

Olá Icendul!

Estás à vontade.

Faz de conta que estás em tua casa...:)