Pouca Terra, muita ganância!

"(...) O agravamento das secas e da carência de água, o declínio da agricultura e o avanço dos desertos, os fenómenos meteorológicos extremos, tudo isso pode complicar mais a vida, já tão precária de tantos povos. Questão de injustiça, esses povos são os que menos poluem e menos recursos naturais gastam! (...)."

Bernardino Guimarães, in Jornal de Notícias, edição de 25.12.07

http://jn.sapo.pt/2007/12/25/porto/espirito_natal.html
Ilustração retirada daqui: www.unicrio.org.br/

4 comentários:

Meg disse...

Paradoxal, não é?
Até onde vai a inconsciência dos "grandes" do planeta!

Que tenhas tido um Bom Natal!

Dalaila disse...

esta dura realidade, que não se altera, que não muda... continuamos sempre desta forma....

lupussignatus disse...

Olá Meg!

A inconsciência dos "grandes" vai até onde nós a deixarmos ir...

Provavelmente, até aos confins...

Obrigado! Também eu faço votos para que o teu Natal tenha sido positivo, com saúde e alegria...

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Por muito que isto se assemelhe a chavão, é nas nossas mãos - e nas nossas mentalidades - que estão as chaves da mudança para um mundo melhor...

Pequeninos gestos fazem toda a diferença!...