Rufus Wainwright:a voz arde as estrelas...

2 comentários:

Dalaila disse...

É mesmo, vida, cidade, incêndio, porque nos incendeia a sua música, a sua elegância, bom gosto, com uma voz peculiar, como tu descreves arde as estrelas, e a todos que o ouvem, com todos os sentidos apurados.

Eu adoro!

Beijo com as estrelas

lupussignatus disse...

Bom dia Dalaila!

Incêndio que inebria os sentidos e faz-nos sentir SOL.

A cereja no topo do bolo! :)

Doce, terno, a sensibilidade liberta-se de todos os poros...e contagia-nos de luz interior!

Beijo solar