A luz dos sentimentos

"Na vida, é melhor estarmos desprevenidos para os sentimentos, assim a sua luz nos diga qual é a nossa vez."


Eduardo Sá, Psicólogo, in revista Notícias Magazine, 01.08.04

7 comentários:

ContorNUS disse...

Por vezes sim... contudo mais acertivo é... pensar que a surpresa nos tempera a vida.

lupussignatus disse...

Prevenidos ou desprevenidos, o importante é estarmos unidos. A algo e a alguém. Essa é a ligação directa ao posto de transformação...da vida.

Dalaila disse...

Desprevenidos, descalços, soltos, livres, desamarrados, desprendidos, soltos, abertos, viajantes, esvoaçantes, sempre com um olhar no céu mas os pés em terra firme de união.

:)

Hanah disse...

Tudo lindo...!!!
E em unissono com a vida !!!!

Boa semana

lupussignatus disse...

Olá Dalaila!

Livres como uma andorinha-do-mar...sempre em busca do sal com que temperar a vida...:)

lupussignatus disse...

Olá Conturnus!

De acordo. Para rotina, já basta a ditadura do relógio e dos afazeres ditos inadiáveis.

A(s) surpresa(s) podem ser vista(s), por exemplo, como aquelas ervas aromáticas que, usadas a preceito, dão renovados aromas a pratos já sobejamente conhecidos...:)

lupussignatus disse...

Olá Hanah!

Obrigado pela força.

Em uníssono ou mesmo desafinando, o desafio é esse - ouvir a música da vida...:)

Semana azul.