A evaporação da vida



"Tudo se evapora. A minha vida inteira, as minhas recordações, a minha imaginação e o que contém, a minha personalidade, tudo se me evapora. Continuamente sinto que fui outro, que senti outro, que pensei outro. Aquilo a que assisto é um espectáculo com outro cenário. E aquilo a que assisto sou eu."

Fernando Pessoa

2 comentários:

maat disse...

Como eu o compreendo! ( ao Fernando!)
Luis Pedro Moitinho de Almeida, filho do dono do Escritório onde F. Pessoa trabalhava, e que conviveu com ele, anota:Sob o ponto de vista filosófico-religioso , muito há a dizer sobre F. Pessoa,(...)

***maat

lupussignatus disse...

E sob o ponto de vista literário, também. É uma poesia (re)vestida de filigrana...